Vida que segue…

Vida que segue…

Encontrar o sentido das coisas é sem duvida alguma uma das características essências de quem carrega em si uma boa saúde mental. Se nos entregarmos a quebra de ilusões e a desmistificar tudo o que nos vem a nossa frente, nos tornamos seres melancólicos, e desperdiçamos a arte do bem viver. Entramos num paradoxo sem respostas, sem eixo nem beira.

 

Tentamos crescer e achamos que assim vamos parar de sofrer. Nos damos conta que as oposições da vida continuam…

 

Melhoramos de vida, de status, aliviamos nossos aparentes entraves internos, e aparecem outros,por vezes mais duros, fortes e resistentes. Até o dia que nos damos conta que quanto mais vivência interna adquirimos, quanto mais complexidade e riqueza interna conquistamos, mais a vida nos impõe a divina arte de nos instrumentalizarmos para podermos conseguir lidar no aqui e agora com os imprevistos, com as peripécias, com as contradições e frustrações dessa criança levada que fica brincando de pique para testar por quantas andam nossa alegria, nosso bem estar, nossa boa vontade de querer usar e abusar de sua magnitude, apesar dos mínimos pesares e provações que temos, que ela nos faz passar.

Mas mesmo assim prefiro ela: a vida. Vivê-la intensamente!

Lilian Moura

Psicóloga/Rio de Janeiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s